quinta-feira, maio 11, 2006

Otimismo




Otimismo

o meu olhar é tendencioso
se recusa a ver o ruim
descobre flores na lama
percebe beleza em sucata

ouve música no barulho
a minha escuta seletiva
percebe silêncio em ruídos
encontra encanto em arrulho

a ingenuidade da infância
o sonho da adolescência
a crença no adulto humano
o mundo não me tirou

vivo e vejo harmonia
busco e sinto equilíbrio
crepúsculo só no horizonte
nasço sempre a cada dia

Um comentário:

Joelmir Ramos disse...

oi
tudo bem..?
to procurando blogs de poesias
e encontrei o seu
muito bom por sinal
visita o meu e faça um julgamento..
rs
so iniciante