segunda-feira, agosto 07, 2006

Poema da Benvinda

Se todo rabisco fosse assim, uma obra prima...
Este é da Benvinda Palma.
Leiam e vejam como tenho razão!

Espinhos

Nasceu uma linda Rosa em meu jardim.
Rara, de um perfume excitante!
Que me deixava embriagada e
O meu desejo despertava a todo instante!
Cuidei dela com todo carinho,
Dispensei a ela todo meu amor!
Mas ela também tinha espinhos!

Benvinda Palma

Um comentário:

Benvinda Palma disse...

Querida amiga e grande poetisa!

Que honra estar aqui em seu canto de tão belas e sonoras palavras!
Sinto-me não apenas lisonjeada, mas, sobretudo, grata pelo seu imenso carinho e pelo incentivo, pois sou apenas uma aprendiz e admiradora da arte escrever!

Beijos carinhosos em tua alma tão bela!


Benviinda Palma