quarta-feira, outubro 25, 2006

Corais

Corais

Corais colhidos na areia
partidos pelo mar deixados
corais que a população nem nota
alheia a como são lindos
à beira da praia caídos

corais que a menina pega
empilha, forma castelos
e sonha reis e rainhas
dragões e príncipe belos

Não sei qual mais singelo
a cor no corado da menina
ou o coral que o mar traz pra ela

2 comentários:

além mar peixe voador disse...

Ai, ai Poeta delicado , delicadíssimo poema.
Amei.


adorna meu leito
lembranças
acalento no peito
um colar de corais
colhidos na infância

som das ondas
entre os dedos
recreio
mãos em concha
aconchegando instâncias


Afetuoso abraço marejado
tua sempre grata amiga e leitora,
virgínia além mar

Benvinda Palma disse...

Linda amiga! Grande poeta...poeta das imagens...teus versos são belos...e retratam sempre - de maneira bela - coisas corriqueiras da vida! Gosto muito do teu jeito lindo de escrever amiga! Fico encantada sempre! Parabéns!

Beijos

Bem-t-evi