sábado, novembro 24, 2007

Ternura

Ternura

Ah, ternura!
passeia pelo corpo
pousa no brilho do olhar
aumenta a leveza do gesto
amacia o timbre da voz

Ah, ternura!
quem dera fosses
presença constante
na vida de tantos
desiludidos!

segunda-feira, novembro 19, 2007

Cultivo

Cultivo

planto sementes de hoje
planto ternura e sorrisos
planto esperança e fé

cultivo com muito carinho
chego terra, água e ar

nada busco em troca disso
mas colho paz ao dormir


segunda-feira, novembro 12, 2007

Natal, RN, Maio de 2008,
Um Mar de Poesia e Paz


Em Vôo

Nos ares

Além das montanhas
além dos verdes campos
além o encontro
do mar com a areia branca
além do espaço
pleno de nuvens
além desses ares
que produzem chuvas
além de nós mesmos
onde a vista não alcança
ficam os pensamentos
fica a imaginação
de quem não aceita
destruição

Além fica o abraço


Amei receber esta foto!

O lugar florido pela natureza e por nós. rs